The Best Of - T-Bone Walker

Aaron Thibeaux Walker é pouco conhecido no meio musical. Até porque a mídia prefere enaltecer nomes de músicos já consagrados na memória da massa, como B.B King ou Muddy Waters. Deus me livre de subtrair uma grama do mérito desses dois gênios citados. Mas cá entre nós: tem muita gente não reconhecida e de forma sempre injusta.

Por causa de seu sobrenome francês Thibeaux (lê-se 'Tibô'), ele acabou adotando uma versão, digamos americanizada, de seu nome e assinava como T-Bone. Músicos na época tinham apelidos bem marcantes, como 'Blind Lemon' Jefferson ou Memphis Slim no blues e Charlie 'Birdie' Parker no jazz. Ele não fugiu à regra.

T-Bone Walker foi o primeiro músico do blues a adotar a guitarra elétrica. E antes que Jimi Hendrix o fizesse, ele já tocava suas cordas com os dentes. Um bagunçado que se transformou na principal influência de Chucky Berry. Não é pouca coisa. E por mais que as listas de revistas sejam polêmicas, a Rolling Stone o considerou o quadragésimo sétimo melhor guitarrista de todos os tempos.

Esse álbum é uma compilação de seus melhores trabalhos. Fique de olho em 'Evil Hearted Woman' e também na sua mais conhecida 'Call It Stormy Monday'. Ele não foi um sucesso de público, mesmo tendo fãs por todas as partes. Mas nunca alcançou as proporções de seus colegas mais famosos. Se tornou um ícone desse estilo musical maravilhoso que cantava as dores de um povo, seja abertamente ou de forma disfarçada, camuflando o seu ressentimento com o patrão através de uma mágoa com uma mulher. Em muitos blues, quando uma mulher é citada como opressora, desgraçada ou algo parecido, na verdade os escravos se referiam aos seus donos, aos capatazes sanguinários, enfim a todos os opressores que merecessem uma canção de revolta e protesto. A saída para o sofrimento era cantar. E embora já não vivesse os tempos de escravidão, sofreu na pele muito do preconceito comum que a sociedade americana impunha aos negros no século vinte.

T-Bone Walker veio a falecer em 1975, aos 64 anos. Sofria de pneumonia e foi surpreendido por um derrame. Para nossa atual realidade, morreu jovem. Mas o legado que deixou, principalmente para o rock, é inestimável. É bem difícil expressar em letras a qualidade do som requintado e elegante desse texano talentoso. Enfim, é baixar o álbum e verificar o que anos de convivência com uma família de músicos e amigos geniais resultou.


Set List

1- Blues is a Woman
2- I Got The Blues
3- Through with Women
4- Cold Cold Feeling
5- Life is too Short
6- The Hustle Is On
7- Travelin' Blues
8- Evil Hearted Woman
9- Baby Broke My Heart
10- Glamour Girl
11- You Don't Love Me
12- Call It Stormy Monday
13- T-Bone Shuffle
14- Vacation Blues
15- Midnight Blues
16- Bobby Sox Blues
17- Mean Old World
18- T-Bone Blues


DÊ SUA NOTA PARA O ÁLBUM! Aqui embaixo você pode dar de uma à cinco estrelas para o álbum disponível nesse post. É só clicar em quantas estrelas o álbum merece e pronto!

5 Opinião(ões) de nosso(s) leitor(es):

Bicho descobri o blog ontem e amei, realmente muito bom!
Baixei o cd e escutei no trabalho hoje, realmente ótimo músico. O álbun é muito bom, dou 4 estrelas sem medo!

Rapaz! Que blog!
Muito bom... e com uma lista incrivel cara...

o da hora bom som e estilo valeu

cara conheço pouco dele, e deu para perceber que esse cara influenciou muitos músicos, principalmente B.B king.... estou baixando o album agora! eu tbm sou músico,faço uns blues de vez em quando rs mas me falta atitude para procurar músicos e formar uma banda de BLUES

valeu pelo link do t-bone!!!!!!!
um blog feito por e para quem ama esse modo de vida chamado rock!!!