Centuries Before Love and War - Stars of Track and Field

Não é segredo algum que no "novo rock" as batidas digitalizadas são cada vez mais presentes. New Rave, Punk Pop, Eletro Rock... Todo esse bolo é recheado de batidas, açucaradas pelos avanços técnicos que garantem pureza cristalina e fidelidade de som, principalmente quando juntamos todo o arranjo e numa audição, nos sentimos no meio de um show. Agora como utilizar desse recurso eletrônico sem ficar na sonoridade piegas que vira e mexe você ouve nos redutos indies de sua cidade (seja numa balada ou a casa de um amigo descolado)?

O Stars of Track and Field (STF) - que também é o nome de uma música do Belle and Sebastian - é uma grata exceção no meio de tantas bandas que desgastam sua proposta sonora com batidinhas. A verdade é que variar as batidas, mudar o tempo delas, fazer uma confusão em forma de pancadas não significa sair do convencional. Até porque o ponto principal dessa questão é como aliar esse recurso à uma estética rock sem que todas as músicas percam a rebeldia das guitarras. E é disso que falo quando incluo o STF dentro das exceções entre a mesmice da cena atual. A banda americana formada em Portland, Oregon apresenta canções riquíssimas em harmonia, melodias que arrepiam, mas que empolgam também, te carimbando uma passagem sem volta para uma viagem de guitarra. Fica no meio termo entre a sensibilidade para emocionar que o Sigur Rós tem e as chicotadas de cordas distorcidas do Death Cab for Cutie. Mas não pense que você vai se derramar em prantos. Não. Ela emociona pelo ajuste da rica melodia com vocais suaves e esparramados, mas é interessante como não fogem do contexto.

O trio lançou seu primeiro EP chamado You Came Here for Sunset Last Year e chamou a atenção da mídia especializada. Rádios independentes tocavam o som deles e divulgavam shows que não paravam de ser marcados (e como de costume, eu os achei na KEXP, rádio de Seattle). O bom nos EUA é como existem rádios que tocam incessantemente sons de bandas da cena da própria cidade. Isso ajuda muito bandas que estão começando, principalmente no agendamento de shows. Eles contaram com bons produtores para essa EP, como Tony Lash (já produziu Dandy Warhols e Elliot Smith) e Jeff Saltzman (que já produziu o ex-Pavement Stephen Malkmus). Um trabalho sério e que deu frutos. E o maior fruto de todos é o primeiro álbum deles, o Centuries Before Love and War que contém algumas faixas do EP. As canções novas do álbum não fogem à linha do trabalho experimental: complexas, calculadas e emocionantes.

Acredite, as batidas digitais dançam uma valsa fodida com a guitarra, formando uma atmosfera densa, formando um rock sólido, embora seja interrompido com trechos de vocal suave acompanhado de piano, como podemos notar na música 'With You'. Se você ouvir 'Say Hello' e fechar os olhos durante introdução que termina com a guitarra dando uma "sapatada na sua nuca", você vai notar a musicalidade aflorando em todos os canais possíveis. Os solos durante essa música são nostálgicos, o tempero que as batidas dão te fazem pensar: onde essa banda estava que eu não encontrei antes? O som deles também se mostra muito maduro durante canções mais calmas, como é o caso de 'Let Ken Green', quando os instrumentos e vocal suave, criam uma harmonia poucas vezes vista, quase hipnótica. É som para poucos.

"Porra Pipoko! O álbum foi lançado em 2006 e só agora aparece aqui?". Tá bom, eu sei. Mas a velha máxima entra em ação: "antes tarde do que nunca". Esse é um álbum bem produzido, bem executado e com um rock quase perfeito, não devendo em intensidade nem em emoção.

Set List

1- Centuries
2- Movies of Antarctica
3- With You
4- Lullabye for a G.I./Don't Close Your Eyes
5- Real Time
6- Arithmatik
7- U.S. Mile 5
8- Say Hello
9- Exit the Recital
10- Fantastic


DÊ SUA NOTA PARA O ÁLBUM! Aqui embaixo você pode dar de uma à cinco estrelas para o álbum disponível nesse post. É só clicar em quantas estrelas o álbum merece e pronto!

6 Opinião(ões) de nosso(s) leitor(es):

Esse eu não conheço, já estou providenciando...
Parabéns pelo trabalho
Abraços..

http://semsugestaodenomes.blogspot.com/

você me empolgou com o texto, eu já ouvirá de um amigo sobre essa banda, mas nunca tinha ido baixar, passando por aqui, eis a banda e aqui estou baixando.
vejamos!
abraços.

A banda SOTF me surpreendeu, nAO TAva botando muita fé, achei q fosse algo mais down, pra baixo, mas o som é incrivel msm. som sem comparaçao.

que droga isso, não tem como não baixar o álbum depois de ler os teus textos. e lá se vai espaço no meu hd. :P