Yours to Keep - Albert Hammond Jr.

Para quem está fulo com o hiato indefinido e inesperado dos Strokes, nada melhor que um trabalho solo para matar a saudade do som. Dos acordes ao menos. Conheço uma infinidade de pessoas que se apegou ao Orquestra Imperial pra sentir alguma coisa de Los Hermanos nas canções, nem que seja para viajar na voz do Rodrigo Amarante. Bem, outras bandas à parte, Albert Hammond Jr. já é um grande prodígio da guitarra em nossa geração. Quem não lembra dos solos de qualidade e técnica incontestáveis ainda nos Strokes? Aquele solo da canção 'Reptilla', que está no segundo disco da banda, é sensacional. A levada encantadora da ótima 'You Only Live Once', que está no último disco deles, é de fazer marmanjo dançar com o riff simples e grudento. Mas o que falar do disco solo do guitarrista nascido em 1980 em Los Angeles, California? Não posso dizer que o Your to Keep, lançado em 2006, está muito próximo do que a banda nova-iorquina toca. Isso é fato. Claro que um grande guitarrista mantém suas características intactas, seja onde estiver, afinal, todo artista precisa de algo que o identifique.

Os eternos acordes que tem fazem lembrar daquela banda que arregaçou a boca do balão em 2001 permanecem em algumas faixas, como na bem estruturada 'In Transit'. Também podemos notá-los na harmoniosa 'Back to the 101' ou na explosão de compasso pausado 'Holiday'. "Mas nem só de acordes strokianos viverá Albert Hammond Jr., mas de toda a influência de sua vida", e baseado nesse bordão sofrido e semi-bíblico, rastreamos gostos pessoais por entre as faixas e detectamos algo novo na música 'Call an Ambulance' que pega emprestado do banjo algumas notas bem oportunas (revelando seu gosto pela música tradicional americana) e numa ótima produção, insere diversos elementos, como suaves notas de guitarra e assovios. 'Cartoon Music for Superheroes' é uma marcha alucinada e lenta, doce ode à música pop. Ótima para ser apreciada aos poucos, detalhe por detalhe, provando que não se trata apenas de um grande guitarrista, mas de um grande músico, com uma visão ampla, sob olhares de grandes mestres, como Brian Wilson dos Beach Boys. E já que ele é um bom músico, por quê não destacar sua voz? Suave, compatível com cada deixa, com cada espaço, ela nasce perfeita, irrepreensível em meio à harmonia. Voz e harmonia: irmãos gêmeos.

O som é agradável e, sendo uma morfina na veia dos fãs de Strokes ou não, funciona muito bem, afinal, esse trabalho é sinônimo de bom gosto. Não curte Strokes? Ao menos experimente.

Set List

1- Cartoon Music for Superheroes
2- In Transit
3- Everyone Gets a Star
4- Bright Young Thing
5- Blue Skies
6- 101
7- Call an Ambulance
8- Scared
9- Holiday
10- Hard to Live in the City

BUSCA!
Agora o blog conta com uma busca específica no menu ao lado. Procure discos e bandas/artistas em nossa busca! Serão listados todos os posts onde o nome procurado foi citado.

3 Opinião(ões) de nosso(s) leitor(es):

bota fula nisso!

passei minhas férias de verão inteiras em 2007 ouvindo esse álbum... ótimo!

Li a resenha mesmo assim, porque gosto da forma que você descreve as 'impressões' ao ouvir uma boa música!

Mas mano, o guitarrista solo dos Strokes é o Nick Valensi. O Albert é guitarrista de base.

De qualquer forma, eu acho o Albert muito mais guitarrista que Valensi. E esse disco solo dele, só comprova isso.

Acabei de baixar a música In Transit,só de ouvir falar que o albúm é bom em tantos lugares,acabei me convencendo de baixar esse disco...amanhã mesmo eu faço isso.