Two Nuns and a Pack Mule - Rapeman

ESPECIAL STEVE ALBINI - Parte 2

A trilogia continua com a banda formada por Steve Albini em Chicago no ano de 1988, e que foi dissolvida em 1990. O Rapeman teve passagem meteórica pela história do rock, mas foi chocante como muitas bandas nunca foram em anos de carreira. O nome já é de arrepiar: "homem estupro". A escolha do nome foi influênciada por um HQ japonês que Albini e Washam liam. Nesse HQ o personagem passava o tempo todo estuprando mulheres. São muitos os casos de grupos feministas protestarem em seus shows, graças ao nome ofensivo da banda. A sonoridade é algo parecido com o Big Black, mas é um pouco mais límpido, mais focado em arranjos complexos e com forte baixo, suprindo a melodia com peso suficiente para não fugir do caos. Além de Albini, a banda contava com o baixista David William Sims e o baterista Rey Washam (acima citado), ambos ex-integrantes do Scratch Acid, Washam tocava também no Big Boy. E você verá muita semelhança entre o som da ex-banda deles com o do Rapeman. Aliás, o Rapeman foi uma grande realização pela semelhança musical dos três integrantes, pela sintonia e pelas mentes igualmente sujas dos músicos. Two Nuns and a Pack Mule foi o único disco lançado pela banda, em 1989. O conteúdo sempre putrefato das canções atravessa o álbum com muita polêmica, sim a polêmica que Albini transpira. O som é dotado de ruídos, distorções, microfonias e um atmosfera carregada, pesada.

'Steak and Black Onions' abre o disco com pânico em cada acorde tocado, com a asfixia sugerida em cada batida, elevando um certo desespero, ampliado ainda mais com os berros de Albini. Não é difícil se prender as notas agudas que preenchem o som de 'Coition Ignition Mission', as levadas bruscas da guitarra, notas imprevisíveis em meio à melodia, e aquele baixo potente, hasteando uma sórdida bandeira ao fundo, na representação de todos os pensamentos sujos e condenados do homem. 'Kim Gordon's Panties' é uma homenagem ao Sonic Youth, afinal, os acordes caprichosos de Albini se assemelham muito à distorção de Thurston Moore e claro, o nome da faixa cita o nome da guitarrista, vocalista e esposa de Moore, Kim Gordon. Tem um certo peso, mas segue aquela linha da banda de New York, apresentando um som mais racional. Digamos que é uma pausa na euforia. 'Hated Chinee' é uma canção que aborda a questão de etinia, no caso a chinesa, tema este muito associado ao fascismo e xenofobia. Albini sempre foi muitomal interpretado pela coragem em defender uma liberdade maior para que os músicos pudessem expor os monstros de seus abismos. Até hoje muita gente vira as costas para suas angústias reais e prefere cantar dodói na cabeça - vulgo chifre. Essa faixa tem uma introdução estrondosa, com um emaranhado de batidas alucinadas e trechos enérgicos de guitarra. 'Just Got Paid' tem uma pegada bem funk, com um ritmo ditado pela cordas de guitarra que fazem malabarismos geniais com ataques sucintos e objetivos.

O tempo não significa nada quando se analisa a importância desse trabalho. Foram dois anos de shows, polêmicas, confusões. No estilo Albini de ser. Aquela lista de 100 melhores discos alternativos é incompleta por várias ausências. Uma das mais sentidas é a do Rapeman.

Set List

1- Steak and Black Onions
2- Monobrow
3- Up Beat
4- Coition Ignition Mission
5- Kim Gordon's Panties
6- Hated Chinee
7- Radar Love Lizard
8- Marmoset
9- Just Got Paid
10- Trouser Minnow
11- Budd
12- Superpussy
13- Log Bass
14- Dutch Courage

Baixar o disco!

BUSCA!
Agora o blog conta com uma busca específica no menu ao lado. Procure discos e bandas/artistas em nossa busca! Serão listados todos os posts onde o nome procurado foi citado.

2 Opinião(ões) de nosso(s) leitor(es):

Descobri teu blog por acaso e achei sensacional. Já foi disseminado para os passantes de Salvador que curtem boa música.
Boas escolhas, ótimo gosto e entendido na coisa, isso é que é legal. Se tiver coisas do Nação Zumbi, Gang of Four, Kings of Leon... pôe pra gente fazer download!
gracias!

Curto Big Black
e vou confeerir esse dai tbm;DD
Vlw pelo post^^