Somewhere Between Heaven and Hell - Social Distortion

Se você disser: "ah! eles são punks, legal", será uma declaração parcial pra cacete. O Social Distortion nasceu em 1978 no meio da explosão do movimento punk. Embora quase tudo estivesse acontecendo no outro lado dos EUA, em Nova York, a cidade de Los Angeles se preparava para criar bandas que levariam os acordes acirrados do punk adiante. E nessa fomentação de bandas, surgia um grupo com influências diferentes. Embora contasse com os acordes simples que caracterizavam o movimento, era de uma incrível sensibilidade para o blues. Um som de guitarra mais trabalhado nos remete aos precursores do punk, como o New York Dolls, que se esbaldavam na influência do blues acelerado de Chuck Berry. Em seus discos anteriores, o Social Distortion foi chamada de versão punk dos Rolling Stones. Acredito que se não fossem os tantos problemas com drogas do vocalista Mike Ness, a banda teria realizado mais ainda. Porém como o rock e a vida não aceitam as probabilidades do "se", podemos perfeitamente nos conformar com Somewhere Between Heaven and Hell, lançado em 1992. Um trabalho que agrega em alguns momentos uma energia punk em desataviados acordes, com algumas tendências para o hard-rock que havia tido grandes momentos nos anos 80. Alguns trechos de extrema técnica de guitarra nos fazem acreditar que nesse disco, o equilíbrio de influências finalmente foi encontrado.

'Cold Feelings' apresenta a inclinação para o hard-rock que a banda possuia, com ataques de guitarra contínuos com solos velozes e elaborados e diversas viradas bem trabalhadas de bateria. 'Bad Luck' foi sucesso em algumas rádios pela sua levada mais punk, porém nada que suplantasse com simplicidade os ótimos arranjos que a banda exibia no disco. A letra joga na cara de um sujeito indefinido a maré de azar que ele passa, como é sofrido viver sem sorte, sempre à contrapartida do resto das pessoas. É bem reflexiva se você quiser:

Some people like to gamble
But you, you always lose
Some people like to rock 'n' roll

You're always singin' the blues

'Born to Lose' conta a epopéia do perdedor. O sujeito indefinido azarado e sofrido é substituído pelo próprio narrador. Um rock pesado e cheio de solos atesta as influências diversas das quais eles usufruem, numa pegada da guitarra bem rock'n'roll em notas graves e distorcidas. Se você quiser assemelhar o som da banda, facilmente encontrará paralelos com o AC/DC, por exemplo. Mas o compasso da bateria tem um toque de country o que dá um ótimo acabamento ao som. '99 to Life' mostra como seria o som de Johnny Cash se ele nascesse nos anos 60. Conta com a descomplicação de acordes do folk-country e uma letra que é faz o homem de preto ainda mais presente, como se fosse uma mistura dos fatos de 'Cocaine Blues' com a melancolia e isolamento de 'Folsom Prison Blues':

She was my baby, thought she'd be my wife
I killed my baby, I killed her with my knife


'Sometimes I Do' tem uma levada bem arrastada, com uma guitarra bem elástica, se prolongando em toda a superfície da faixa. O baixo segue as batidas lentas como uma sombra. O refrão é fácil de assimilar e essa sonoridade com certeza veio do Clash (maior referência do meio punk para a banda) com sua especialidade em desenvolver ótimos trechos melódicos. Com certeza esse disco ajudou o Green Day a elaborar o Dookie. 'This Time Darlin'' ratifica o quanto o country significa para Ness, num blues-country refinado.

Eram tantos problemas, dissoluções contínuas na banda, infinitas confusões. Ninguém diria que o Social Distortion conseguiria se reerguer com uma formação nova e elaborar um disco antológico como é o Somewhere Between Heaven and Hell. Como disse, aqui há um perfeito balanço entre o peso do hard-rock, a urgência do punk e elementos acalentadores do country. Uma boa oportunidade para apreciar o que os anos 90 têm de mais fino em matéria de rock.

Set List

1- Cold Feelings
2- Bad Luck
3- Making Believe
4- Born to Lose
5- Bye Bye Baby
6- When She Begins
7- 99 to Life
8- King of Fools
9- Sometimes I Do
10- This Time Darlin'
11- Ghost Town Blues

Baixar o disco!

DICA: Se você quiser localizar um disco ou artista, veja nosso menu ao lado direito da tela ou simplesmente pressione Ctrl + F para localizar.

0 Opinião(ões) de nosso(s) leitor(es):