13 Songs - Fugazi

O Fugazi soube aproveitar a existência de grandes lendas do punk/hardcore para sugar o máximo da influência possível. Uma mistura do punk rock com elementos da cena independente que se formava rapidamente, o Fugazi foi formado em 1987, na capital americana Washington, na época em que grandes nomes do rock underground apareciam, como era o caso do Pavement, Guided by Voices, Girls Against Boys, Pixies entre outros. O som deles era forte, com virtuosidade na guitarra que embora fosse herdada de bandas pesadas como o Black Flag, contava com harmonias definidas e marcantes. Existia a euforia e tons altíssimos no vocal, mas era parte de todo um clima fomentado pela banda. Ian MacKaye trouxe a atitude musical do Minor Threat, a sua banda de hardcore que havia acabado. Quem já ouviu Minor Threat, sabe do som que MacKaye havia desenvolvido: Canções curtas, muitas com menos de um minuto, muitos berros e canções aceleradíssimas no melhor do hardcore underground. 13 Songs é uma coletânea perfeita para expor a obra do Fugazi.

Posso destacar nesse disco as faixas 'Waiting Room' com sua linha de baixo espetacular, seus brakes e a catarse punk que se instala no refrão. Garante ótimos momentos. 'Bad Mouth' é forte, com guitarras alternando entre ataques rápidos e trechos de maior desenvolvimento dos acordes. A letra se destaca também, é daquelas que você ouve e reflete:

You can't be what you were
So you better start being just what you are
You can't be what you were
Time is now and it's running out
You can't be what you were
So you better start living the life


'Give Me the Cure' oferece acordes dedilhados de guitarra, sustentados por ótima linha de baixo e batidas fulgurantes cheias de viradas excêntricas e ataques estrondosos. 'Suggestion' é uma demonstração da capacidade do Fugazi em estender suas influências. Com um toque mais levado ao soul, sim, o baixo de Joe Lally caracteriza a melodia toda, melodia essa que não se priva de metamorfoses para uma face mais pesada. A variação da estabilidade dessa faixa é genial. 'Margin Walker' é inflamável, com um início que lembra o baixo do Talking Heads, mas logo se distorce em acordes rasgados das guitarras, lançando energia em excesso para todas as partes os vocais divididos de MacKaye e Guy Picciotto.

O Fugazi não só tem um som peculiar que é potente mas muito aceitável, como também é um exemplo de postura. Não vou aqui exaltar os preceitos dos Straight Edge que foram iniciados por MacKaye com sua recusa a uma vida de vícios. Prefiro lembrar que o Fugazi nunca lançou um clipe na MTV, nunca teve ingressos de shows mais caros que cinco dólares. Sempre se relacionou bem com seu público, jamais os explorando em vendas absurdas de CDs, pois os mesmos custavam uma miséria. Aqui tem trabalho sério, atitude e som grandioso de uma banda verdadeiramente "indie".

Set List

1- Waiting Room
2- Bulldog Front
3- Bad Mouth
4- Burning
5- Give Me the Cure
6- Suggestion
7- Glue Man
8- Margin Walker
9- And the Same
10- Burning Too
11- Provisional
12- Lockdown
13- Promises

Baixar o disco!

BUSCA!
Agora o blog conta com uma busca específica no menu ao lado. Procure discos e bandas/artistas em nossa busca! Serão listados todos os posts onde o nome procurado foi citado.

2 Opinião(ões) de nosso(s) leitor(es):

FABULOSO!!!! Um dos melhores discos do punk rock alternativo já feito !!!!