You're a Woman, I'm a Machine - Death from Above 1979

Caótico! O som dessa dupla canadense é caótico. Embora você pense que havia um guitarrista, a dupla era formada por um baixista e um baterista... nada de guitarrista. E como explicar a guitarra? Já ouviu falar em sintetizador? Então, era disso que se valia Jesse F. Keelerno para fazer o som da guitarra (ele é o baixista). Sebastien Grainger é o vocalista é também o baterista. E dessa formação estranha, sairam grandes sons nos 6 anos de atividade da dupla. Fazendo um som que misturava o punk com o disco e tudo isso com uma camada de eletro. Não tem como dançar ou fazer um air guitar ao ouvir o som dos caras. You're a Woman, I'm a Machine é o único disco lançado (2004) e tem as melhores pérolas da curta carreira deles. Começa pesado com 'Turn it Out' e já é seguida pela ótima e dançante 'Romantic Rights'. O sintetizador no começo é muito pesado, marcando um ritmo forte, comparável à uma serra cortando. E pra não ficar falando muito, ouça a 'Black History Month', que tem a melhor melodia, e a melhor letra do disco:

Hold on, hold on, children
Your mother and father, are leaving

Sofrido, né? Mas a música é muito foda, grudenta.

Vai por mim, Death from Above 1979, infelizmente acabou, mas deixaram um ótimo legado e referência para novas bandas, de como fazer do caos algo extremamente dançante e atraente.

SET LIST

1- Turn It Out
2- Romantic Rights
3- Going Steady
4- Go Home, Get Down
5- Blood on Our Hands
6- Black History Month
7- Little Girl
8- Cold War
9- You're a Woman, I'm a Machine
10- Pull Out
11- Sexy Results

Baixar o disco!

DICA: Se você quiser localizar um disco ou artista, veja nosso menu ao lado direito da tela ou simplesmente pressione Ctrl + F para localizar.

0 Opinião(ões) de nosso(s) leitor(es):