Da Lama ao Caos - Chico Science & Nação Zumbi

Podendo ser incluído no hall de revoluções da música brasileira, como foi a bossa nova ou a tropicália, o manguebeat de Chico Science & Nação Zumbi foi a última revolução da música brasileira, fazendo a junção de elementos nordestinos, mais especificamente pernambucanos, como o maracatu ao som das guitarras do rock. Francisco de Assis França, vulgo Chico Science, escancarou ao povo brasileiro os problemas da nação, os expondo por meio de algo mais chamativo que um simples noticiário noturno, ou vozes de movimentos políticos que começavam a se formar no novo período democrático brasileiro.

Com certeza, Da Lama ao Caos está no panteão dos grandes discos nacionais, trazendo a genialidade de Chico e a banda que o acompnhava, a Nação Zumbi, que oferecia um leque imenso de influências para bandas que surgiriam posteriormente, como vemos hoje, Cordel do Fogo Encantado, Mombojó entre outros. Aquele sotaque recifense foi sendo assimilado pelo público e o ritmo da região foi bem aceito nas metrópoles. O povo dançava e ao mesmo tempo protestava. A Nação Zumbi criava então a fórmula da nova música brasileira, que substituía os clichês que apareciam como 'caranguejos' na lama (desculpem o trocadilho), com aquele som sofrido, misturando elementos do reggae ao rock, mistura que já se mostrava muito desgastada. Afinal, Chico já começa o disco em seu 'Monólogo ao Pé do Ouvido' dizendo: "modernizar o passado é uma evolução musical". Melhor introdução, impossível. Na cola, a próxima faixa 'Banditismo por uma Questão de Classe' aborda de forma magnifíca o impasse de nossa sociedade, com toda a criminalidade, os roubos e a putaria em geral. Bandistismo por questão de classe não quer expor que roubar seja um estilo, apenas confunde quem ouve. Ele denuncia (como muitos já o fizeram) que os roubos são frutos de uma luta injusta de classes, onde o pobre só se fode: 'e quem era inocente já virou bandido, pra poder comer um pedaço de pão todo fodido'. E pelos deuses, a percurssão dessa faixa é perfeita! O disco segue essa linha, falando sem pudor sobre as cagadas do governo contra a população, numa atmosfera sofrida, cheia de maracatu, xaxado, flertes com o forró sertanejo, todos eles acompanhados com guitarras distorcidas. Não tem como não gostar.

Baixar o disco!

Set List

1- Monologo Ao Pé Ado Ouvido
2- Banditismo Por Uma Questão de Classe
3- Rios, Pontes & Overdrives
4- A Cidade/Boa Noite Do Velho Faceta (Amor de Crianca)
5- A Praieira
6- Samba Makossa
7- Da Lama Ao Caos
8- Maracatu de Tiro Certeiro
9- Salustiano Song
10- Antene-Se
11- Risoflora
12- Lixo Do Mangue
13- Computadores Fazem Arte
14- Coco Dub (Afrociberdelia)

DICA: Se você quiser localizar um disco ou artista, veja nosso menu ao lado direito da tela ou simplesmente pressione Ctrl + F para localizar.

3 Opinião(ões) de nosso(s) leitor(es):

Adorei esse CD cara, será q poderia postar mais da Nação zumbi? Eu agradeceria muito.
A Rock Town Downloads faz um belo trabalho, só músicas de qualidades, tão de parabéns =D

o link não está pegando mais....
vc tem outro? :)